30.10.09

Circo de horrores - por Aja Jones

Independente da magia e infantilidade de certas partes que compõem o mundo do circo, esse sempre me passou uma imagem de medo. Quanto mais imbecil e sem graça era o palhaço, mais gerava esse sentimento de que tinha algo errado por trás daquela "engraçada" maquiagem.
Várias palavras apresentam outros sentidos além do seu significado, mas a palavra circo por si só, tem o poder de desenvolver os dois lados mais extremos da mente humana, a alegria e o medo.

O ilustrador francês Aja Jones deve ter passado também por maus momentos dentro das tais lonas coloridas.
Misturando várias técnicas para alcançar o objetivo de ilustrar o que passa em sua cabeça, o artista cria em suas imagens, verdadeiras peças de um circo de horrores.


Suas criações fazem parte de uma galeria no: Devianart.com
Aprecie sem medo, se for capaz...

"Musiquinhas de criança também me causam calafrios..."

1 comentário

Binho, o feirante

Sempre que vejo palhaços, lembro de um filme antigo chamado IT. O filme em si apela pro terror simples, sem qualquer pretensões. O palhaço é bizarro, sem muita firula, lembra até o bozo, mas assusta! Falando nisso, bozo era assustador! Carequinha era show, mas dava medo aquele colarinho "sobe e desce".

A propósito, o final de IT é tosco.

A propósito 2: "atirei o pau no gato" é a música mais bizarra de todas! Sempre tive medo!

Show os desenhos do cara!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails