24.6.10

Morra, e vire uma tatuagem!

Você curte tatuagens? Muito? E já pensou em virar uma quando morrer?

Se a resposta foi sim, siga esses passos:
- Avise a sua família que deseja ser cremado após a morte (ou antes, como preferir).
- Conte uma história envolvente a quem você quer andar grudado para o resto da vida (ou morte).
- Quando sentir que essa pessoa não tem escapatória, que está à beira de um colapso sentimental, conte sobre a ideia.

Não sei se o jovem Lloyd's Mordue, um jogador de rugby, seguiu esses passo antes de morrer por overdose aos 20 anos de idade. Mas a sua mãe Kim Mordue vai carregá-lo para o resto da vida em três tattoos, que levam os restos mortais do garoto junto às tintas.


A britânica de 50 anos, após descobrir que as cinzas de seu filho poderiam ser misturadas aos pigmentos usados em tatuagens, não pensou duas vezes, e convocou seu marido David, um tatuador profissional, para concretizar a ideia. Que segundo ela já está sendo seguida por familiares e amigos.

As cinzas mortais contêm carbono, e a maior parte das tintas para tatuagem são feitas desse material. Então parece que tecnicamente não há problema algum em usar essa mistura.
Há relatos de alguns outros trabalhos em que também foram usadas cinzas, mas não se sabe ao certo quem fez a primeira, onde e quando surgiu esse tipo de homenagem.

"E aí? Já pensou em virar uma borboletinha...?"

2 Mergulhando no Ócio

Gian

LOL, não quero isso não.

Só gente louca.... meu :O

Anônimo

está matéria foi vista e compartilhada por um usuário no odd10, o que nos fez conhecer seu blog. Muito bom, criativo e inteligente, parabéns, por isso convidamos você a fazer parte desta nova rede social que é o odd10. Participe, compartilhe, divulgue seu conteúdo, esperamos você, obrigado e até mais.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails