13.1.11

Sucata não, arte!

Uma boa leva de artistas hoje em dia trabalha a partir de materiais reciclados, encontrados nas ruas, e que até então seriam apenas mais um amontoado para ajudar a entupir o planeta de lixo. E a grande maioria deles faz um bom trabalho, cada um com seu estilo. Mas nenhum deles, apesar de traçarem caminhos parecidos, chega perto do olho mágico do francês Edouard Martinet.

O cara percorre os chamados mercados de pulga, e compra restos de metal de todo o tipo, peças de carro, bicicletas e tudo o que você possa imaginar que seja feito de ferro. Com esses objetos em mãos e com uma visão clínica, ele dá novos sentidos ao que parecia não ter mais nenhuma serventia.


Incrivelmente as peças usadas nas obras não sofrem nenhum tipo de recorte, são apenas encaixadas nos lugares certos com parafusos, e com certeza isso é o que torna o trabalho tão belo e intrigante.

Curta todos os animais de ferro do escultor no: Web.me.com

"Odeio sapos..."

Comenta aí!

Related Posts with Thumbnails