29.7.11

Me divorciei, me indignei e me tatuei

O que você faria para celebrar um divórcio? Cairia em depressão, faria uma festa, uma viagem, uma bebedeira sem fim, ou só uma tatuagenzinha que cobrisse 85 por cento do corpo?


Essa foi a escolha feita pela britânica Jacqui Moore, 41 anos, que teve o corpo quase totalmente modificado logo após o fim do seu primeiro casamento. Tudo começou em 2003, quando ela decidiu fazer uma pequena tatuagem para simbolizar um recomeço. Até aí nada demais, o que Jacqui não contava é que, ao entrar no estúdio do tatuador Andreas Moore (seu atual marido), acabaria se apaixonando pelo próprio e ao invés da pequena tatuagem até então planejada, daria início a um processo que duraria cerca de oito longos anos.

A garota, que trabalha como jardineira em uma escola particular de Oxford, conta que não tem problemas com o novo visual e que pretende concluir o trabalho, cobrindo 100 por cento do corpo.

"Probabilidade de reconciliação até o momento: 15 por cento, e diminuindo..."

2 Mergulhando no Ócio

Anônimo

Sinceramente, as tatuagens ficaram horríveis.Se vai tatuar 100% do corpo, podia ao menos ter tatuado algo bonito hm

Daniel Mariotti

E ai deivis..

Da uma olhada no trabalho desse cara.. http://www.nickveasey.com/

Abraço

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails