29.5.13

Inocência e sangue

A inocência e delicadeza da porcelana colocadas à prova. Essa é a viagem da artista Maria Rubinke.


Sangue e vísceras entram em contraste com a pureza da porcelana, quebrando os paradigmas estéticos relacionados a essas pequenas esculturas, outrora tão inocentes. A arte da garota dinamarquesa é impactante e surreal, trazendo a tona atitudes sádicas e violentas que em nada lembram as delicadas bonecas tradicionais, com esculturas que parecem ter saído de um pesadelo.

Embarque nessa viagem de volta à realidade, ou à surrealidade visitando o sombrio: Hansalf.com

"maravilhosamente insano."

Comenta aí!

Related Posts with Thumbnails