1.12.14

Adeus, Chespirito

E foi-se o grande Chavez, Roberto Gómez Bolaños, na última sexta-feira, aos 85 anos. Com um humor inocente, inteligente e carismático, presente na maioria das TVS ligadas naquele horário. Um humor que não dava vergonha de assistir com os filhos ou com os avós, um humor de verdade.

Retorne a sua infância, e play.




"E agora, quem poderá nos defender?"

Comenta aí!

Related Posts with Thumbnails